homeopatias para mulheres

Homeopatias para as mulheres é um cantinho temático voltado para as matérias homeopáticas de grande 
atuação na esfera do sofrimento feminino. A homeopatia
 é para todos, contudo essa página dedica informações às  mulheres, individualidades a despertar, seres humanos femininos, almas; filhas, irmãs ou mães, com 
 afinidades com a natureza no aprendizado  da nova consciência  e a integração com a consciência planetária.
A homeopatia, igual a floralterapia, deve ser mais do que a prescrição para uma doença, deve levar em consideração 
 a pessoa, sua identidade e integridade, como  um auxílio consciente a preparar o ser humano para o florescimento
 de um mundo melhor amenizando sofrimentos, restabelecendo as coisas em seus devidos lugares.



GettyImages-537472304
muie
Restauração e Beleza

Com saúde e Homeopatias

mais
homeopatia

A homeopatia

é muito confundida com a Fitoterapia. A diferenciação básica parte da origem dos remédios: na Fitoterapia os medicamentos originam-se exclusivamente do reino vegetal, enquanto que na homeopatia, as substâncias são extraídas dos 3 Reinos Mineral, Vegetal e Animal - E sub reinos. Sua filosofia é vitalista e parte da premissa que toda pessoa possui uma energia que a mantém viva. Quando a energia vital não está em equilíbrio, fica-se doente. A homeopatia tem um tratamento demorado, pois age de dentro para fora. O terapeuta homeopata tem como meta encontrar um medicamento que englobe a totalidade das características individuais do paciente. Daí a necessidade de um interrogatório profundo, no qual se busca a compreensão da totalidade sintomática característica do indivíduo, pois os medicamentos homeopáticos para serem identificados e recomendados necessitam, além da semelhança com os sintomas do paciente, de uma potência adequada a cada caso.
Mais informações na seção sobre os casos que tratei com homeopatias.


Tipos de sofrimentos tratados com homeopatia

As matérias homeopáticas são extensas e incluem sintomas físicos. Agende uma consulta.

puls
pulsatilla nigricans

Contraindicada a gestantes e lactantes


A Pulsatilla nigricans é uma anêmona e é uma planta medicinal muito antiga, quando o tema envolve inconstância, choro e carência de agrado. A lenda diz que brotou das lágrimas de Vênus. Guarda grande afinidade com os olhos, produz muitos sintomas no corpo humano saudável, é considerada policresto (remédio de muitos usos).

Mal humor, desgosto pela vida;

Sentimento de abandono;

Insatisfeita:

Muito bem numa hora, péssimo na seguinte;

Casa e vive perto da mãe;

Pulsatilla perdida pensará no suicídio por afogamento, no último intento de retornar ao seio materno;

Sensual, meiga, lacrimosa;

Reza, aversão religiosa ao sexo oposto;

Envergonhada; 

Chora muito;

Suave, doce, submissa, dócil, condescendente; 

Substitui o afeto pelo dinheiro;

Dependência afetiva por dependência econômica;

Troca rapidamente o amor antigo por um novo amor;

Busca da nostalgia da paz infantil perdida;

Confusão mental ou abundância de idéias;


554141_324243681035183_2093616690_n
Arnica montana

É primeira homeopatia a ser pensada quando houver catástrofe com humanos, animais e plantas. A Arnica da Chapada (Arnica do Campo) é o tipo nativo do Brasil (MG), e é usada em substituição a Arnica montana.  

Todo o traumatismo, grande ou pequeno, poderá necessitar de arnica e é o primeiro remédio a dar em casos de choques, pancadas, golpes, ferimentos e acidentes e cirurgias , de partos e odontológicas. O traumatismo acompanhado de estado hemorrágico, extravasamento sanguíneo, as sufusões sanguíneas (sangue pisado). 

Nervosa; 

Lágrimas após raiva;

Loquacidade apurada, desenfreada;

Mal humorada;

Medo ou ansiedade de  ser tocada;

Teimosa;

Menstruação abundante com coágulos negros, adiantada, com sangue vermelho;

Traumas por coração partido;

Trauma do parto;

Angústia durante calor febril, com transpiração;

Tudo é repugnante e diferente;

Críticas depreciativas;

Desalento Inquietude física e mental, sem agilidade;

Insegurança;

Insolente e mandona;

Teme queda de paredes e prédios sobre ela;

Medo de morrer

Terror noturno;

Absorta nos pensamentos;

Angústia existencial;


VdRA344TKtX0P961gTxppxbIwvIgzZQzZjI2zrmZ


Movimentos apurados sem necessidade;

Precipitada com as mínimas coisas;

Caminha para lá e para cá;

Não consegue entreter-se pensando ou lendo;

Deseja fazer muitas coisas de uma vez;

Músculos recusam a obedecer a vontade quando a atenção está distraída;

Movimento precipitado sem propósito;

Não consegue decidir-se por si mesma, precisa depender de outros;

Depressão espiritual;

Desejo de chorar, com temor e apreensão por sofrer de alguma doença interna terrível;

Não pode viver sem dor no seu processo autopunitivo.

Lillyum tigrinum

Em geral as mulheres manifestam o estado de Lilium tigrinum na  idade madura e menopausa. 

Lilium tigrinum tem as  flores alaranjadas com manchinhas pretas (por isso o nome tigrae), e suas pétalas são bem curvas para trás. 

Suas flores também estão elencadas entre as essências Florais da Califórnia e é bom pontuar que homeopatia e florais são tratamentos diferentes.

O estado de ânimo da pessoa que necessita da homeopatia Lillium tigrinum é difícil, são pessoas que, pelo seu sofrimento, estão incapazes de dizer uma palavra amável a alguém e respondem de mau humor mesmo às perguntas gentis. Pervertem tudo, não é possível agradar-lhes.

Maledicência;

Pensa em coisas obscenas;

Golpea

Sublima a ;

Tímida;

Tormento mental a respeito da sua salvação;

Acha que já foi pura e perfeita;

Prolapso uterino;

Órgãos em estado de irritabilidade;

Abdômen dolorido;

Frequentes afecções na pelve e no útero;

Leucorréia irritante, escoriante, manchando a roupa de escuro;

Menstruação irregular; 

Prisão de ventre por inatividade após parto.

Orgasmos femininos involuntários;

Língua branco-amarelada;

Sensação de inchaço na garganta;

Ardor nas palmas das mãos e plantas dos pés durante a noite;

Cãibras nas pernas, pés e dedos, depois de defecar pela manhã; 

Cãibra e medo de cair;

mugwort-170811_960_720
artemísia vulgaris

Em homeopatia, é indicada para crianças com histórico convulsivo.

No passado culturas indígenas acreditavam ser uma erva mágica que protegia contra maus espíritos e, atualmente, é ainda é usada para "quebra da realidade" em algumas correntes esotéricas, devido a sua atuação no psiquismo profundo.

Sua homeopatia (diluição centezimal e dinamização por sucussões) é indicada para sofrimentos do tipo relacionado abaixo.


Contraindicada a gestantes e lactantes


Dor tipo ferroada ovário esquerdo;

Distensão do abdome;

Menstruação escassa;

Placenta retida;

Aborto;

Histeria;

Lacrimejamento;

Convulsões;

Inconsciência ;

Ataques de curta duração;

Sentimento de fraqueza;

Inquietação;

Irritabilidade;

Prostração Mental;

Cleptomania

Epilepsia;

Sonambulismo;

Taciturna;

Mal-humor;

Delírio; 

Olhar Fixo; 

Mordidas;

Tumores benignos;

Infecção urinária.